Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Exército Brasileiro e Tribunal de Justiça do Maranhão realizam destruição definitiva de armamento
Início do conteúdo da página

Exército Brasileiro e Tribunal de Justiça do Maranhão realizam destruição definitiva de armamento

Publicado: Terça, 04 de Setembro de 2018, 13h28 | Última atualização em Terça, 04 de Setembro de 2018, 13h33


São Luís (MA) – No período de 27 a 29 de agosto, o Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC) do 24º Batalhão de Infantaria de Selva (24º BIS), Batalhão Barão de Caxias, realizou a 2ª destruição efetiva e definitiva de 1.297 armas de fogo e 652 armas branca.

O armamento destruído, autorizado pelo poder judiciário e em acordo com o previsto no Art. 25 do Sistema Nacional de Armas (SINARM), não tem mais interesse para perícias ou laudos técnicos.

Essa atividade, de competência exclusiva do Exército Brasileiro, foi desenvolvida em parceria com o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) e com apoio da Siderúrgica Viena que cedeu suas instalações, localizada no Distrito de Pequiá no Município de Açailândia (MA), a cerca de 650 km da guarnição de São Luís.

A destruição de armamento atende a objetivos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a determinações preconizadas no acordo de cooperação técnica firmado pelo CNJ e o Exército Brasileiro.

Fonte:24º BIS

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página

Copyright © 2015 - Exército Brasileiro - Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados.
Quartel-General do Exército - Bloco H - 4º Andar - Setor Militar Urbano
Brasília - DF - CEP: 70630-901
Desenvolvimento: Seç TI Gab Cmt Ex
Atualização: Div TI/DFPC (2018)